Se a gente treina operadores de atendimento humanos tão facilmente, e tão rapidamente mostrando para eles como eles devem conversar, por que então produzir um bot tem que ser um trabalho tão especializado e técnico assim ? Já pensou ?

Você precisa de um bot para lançar uma campanha de vendas de um novo produto. Vai esperar 4 meses para alguém construir este bot ? Vai ter que chamar o fornecedor ? Vai ter que codificar ? Usar frameworks, bibliotecas ? Ou, em 4 horas precisa que o pessoal de marketing ensine ao bot como vender aquele produto e começe a vender antes da concorrência ?

Todos sabem que mais de 70% das intenções de compra dos sites de e-commerce acabam com os carrinhos abandonados cheios ou até mesmo vazios.

É gente que entra lá para comparar preços, para saber o preço do frete, para tentar comprar, mas acaba ficando em dúvida se leva ou não, se é confiável ou não.

E aí ? Como fazer para este povo não se evadir sem levar nada ? Muitas alternativas tem sido tentadas. Aquele e-mail que você recebe 30 minutos depois pedindo para você confirmar a compra abandonada, aquele banner de “temos em outra cor, você não gostaria de ver?”, aquele chat convencional com alguém lá dizendo “posso lhe ajudar ?”.